Maternidade de substituição na Holanda

Maternidade de substituição na Holanda
Conteúdo:

Barriga de aluguel na Holanda só é permitida de forma gratuita. Na Holanda, não existe uma legislação clara que regulamentaria o uso desse método de tratamento da infertilidade.

Características da regulamentação legal da maternidade de substituição na Holanda


Em 2002, na Holanda foi adotada a “Lei sobre Embriões”, que regulava o uso de tecnologias de reprodução assistida e proibia a criação de embriões humanos em condições de laboratório para pesquisa e outros fins.
Já em 2016, o governo holandês permitiu o uso de inseminação artificial para tratar a infertilidade e ajudar casais sem filhos.
O governo ainda não desenvolveu uma estrutura reguladora clara que regularia o uso da maternidade de aluguel para o tratamento da infertilidade, enquanto existe uma proibição estrita da publicidade da maternidade substitutiva e da seleção de mães substitutas.
É proibido o formato comercial de barriga de aluguel em Amsterdã e em toda a Holanda.
Casais sem filhos são frequentemente forçados a viajar para o exterior para resolver o problema da infertilidade e evitar problemas com a lei em sua terra natal. Para esses fins, os holandeses costumam escolher a Ucrânia.

Custo


Barriga de aluguel e FIV na Ucrânia são os principais métodos de tecnologias de reprodução assistida que ajudam casais sem filhos a se tornarem pais, mesmo com os diagnósticos mais difíceis.
A VittoriaVita é o principal centro de maternidade de aluguel na Ucrânia, com muitos anos de experiência, que oferece programas no valor de 36.000 a 5.000 euros, o que é muito mais barato do que em muitos países europeus.

Países alternativos onde a barriga de aluguel é permitida

Na maioria dos países do mundo, a barriga de aluguel é proibida; em alguns estados, o uso desse método de tratamento da infertilidade é punível criminalmente. Esse método de tratamento da infertilidade é legal em vários países, incluindo:

Ucrânia

Na Ucrânia, quase todos os métodos de tecnologias de reprodução assistida para o tratamento da infertilidade são legais.
Vantagens dos programas de barriga de aluguel nos centros ucranianos:

  • a lei controla rigorosamente a qualidade dos serviços médicos prestados pelos centros de reprodução,
  • os direitos parentais à criança pertencem a pais biológicos,
  • execução de um pacote completo de documentos para um recém-nascido,
  • custo acessível dos programas,
  • a relação entre a mãe de aluguel e o casal é regulada pelo contrato,
  • uma ampla variedade de agências que organizam e fornecem apoio legal para programas de barriga de aluguel.

Podemos destacar só um ponto negativo: os serviços de barriga de aluguel na Ucrânia não podem ser usados ​​por pais solteiros e casais homossexuais.

Bélgica

Pros:

  • barriga de aluguel na Bélgica não é proibida, o custo do programa é de cerca de 50.000 euros.

Contras:

  • na Bélgica, não existe um quadro legislativo que regule o uso da maternidade de substituição, como essa esfera não é regulamentada por lei, ninguém pode garantir um resultado bem-sucedido do programa, uma vez que os direitos da mãe substituita e do casal não são protegidos por lei.

República Checa

A barriga de aluguel na República Tcheca tornou-se legal em 2014 após a adoção do novo Código Civil.
Vantagens:

  • mulheres casadas e solteiras podem se tornar mães substitutas,
  • seleção rigorosa de candidatas ao papel de mãe de aluguel.

Desvantagens:

  • não existe uma estrutura reguladora clara que regularia essa área da medicina,
  • somente o formato de barriga de aluguel gratuito é permitido na República Tcheca,
  • a lei não protege os direitos dos pais biológicos de um filho,
  • a mãe do recém-nascido é a mulher que o gestou e deu à luz; portanto, os pais biológicos precisam adotar um filho depois de receber o consentimento por escrito da mãe de aluguel.

Inglaterra

Vantagens:

  • barriga de aluguel sem fins lucrativos é permitida,
  • mãe de aluguel tem o direito de ser paga pelos custos relacionados durante a gravidez.

Dentre as deficiências, destacamos a principal: regras legais complexas sobre o registro dos direitos parentais se aplicam no estado, por causa disso vocês podem se tornar pai e mãe legais de um recém-nascido apenas por ordem judicial.

Você pode estar interessado em:
07.02.2020
Maternidade de substituição na Bélgica
A barriga de aluguel na Bélgica não é regulamentada por lei, mas é ativamente praticada. A Bélgica é um dos países em que a maternidade de substituição não é regulamentada no nível legislativo. Não há atos legais específicos que proíbam ou permitam o uso dos serviços de mães de aluguel.
LEIA MAIS
08.01.2020
Maternidade substituta na Índia
Os altos preços dos serviços de barriga de aluguel nos EUA e nos países europeus forçam os casais sem filhos a procurar opções mais baratas em outros estados. A Índia era considerada o centro da barriga de aluguel, onde casais de todo o mundo se reuniam até o governo proibir estrangeiros de usarem os serviços de mães de aluguel indianas. Qual é o estado da lei no campo de medicina reprodutiva na Índia agora?
LEIA MAIS
08.01.2020
Maternidade de substituição no Brasil
Programas de maternidade de substituição (ou seja “barriga de aluguel”) são usados por casais inférteis de todo o mundo. Mas legislações de cada país tem suas próprias nuances sobre este procedimento médico. Por exemplo, em muitos países europeus isso é proibido nas quaisquer condições, e em alguns países é permitido por qualquer valor possível.
LEIA MAIS